terça-feira, 23 de junho de 2009

Vulcão completa dois anos de fundação

No dia 01 de junho o Poços de Caldas Futebol Clube completou dois anos de fundação. Nesse curto período, o Vulcão, como é carinhosamente conhecido, já tem muito que comemorar. O time obteve o acesso para o Módulo II do Campeonato Mineiro, continua investindo em estrutura e conquistou o maior título da história: a torcida poços-caldense.

Para o presidente Fernando Guerreiro Galan, a avaliação dos dois primeiros anos é bastante positiva, pois o planejamento está sendo cumprido. “O que propomos estamos tentando fazer. Levamos o nome de Poços de Caldas para todos os lugares que fomos e, como prometemos, estamos oferecendo oportunidades e empregos às pessoas da nossa cidade. Além dos vários profissionais daqui que trabalham conosco para mantermos nossa estrutura, a maioria do departamento de futebol é formada por poços-caldenses. Nossa comissão-técnica e mais da metade dos jogadores que disputaram o Módulo II são de Poços”, disse o presidente.
O Vulcão também está investindo bastante em estrutura. O Centro de Treinamentos Cratera do Vulcão I está em reforma. No local serão construídas novas arquibancadas, sala de imprensa, sala de preleções, camarote vip e salão de eventos. Será inaugurado ainda o Espaço de Formação e Recuperação de Atletas (ESFERA), um departamento multidisciplinar de primeiro mundo, comparado aos existentes em grandes clubes. No complexo, os atletas terão à disposição equipamentos e profissionais de medicina, odontologia, fisioterapia, fisiologia, massoterapia, educação física e nutrição, entre outros. “Hoje também temos um hotel para alojar 40 jogadores e o nosso CT sempre recebe melhorias. Nesses dois anos, muita coisa mudou. Quando vem alguém de fora para visitar-nos, sempre recebemos elogios. E acho que esse é o caminho: investir na estrutura para darmos condições de trabalho à comissão-técnica e aos jogadores. Isso pode ser um diferencial, pois os atletas poderão escolher nosso time para trabalhar não apenas pelo salário, mas também pela estrutura”, destaca Galan.

Segundo o presidente do Vulcão, todas as expectativas foram superadas, desde a estreia contra o Santarritense (dia 07 de setembro de 2007, pela Segunda Divisão do Mineiro), quando cerca de cinco mil torcedores assistiram à partida, até o último jogo do Módulo II deste ano, no Ronaldão, contra o Ipatinga (a partida foi realizada quarta-feira à tarde e a presença da torcida foi fundamental para a vitória por 3 a 1). “Acho que tivemos uma ótima aceitação na cidade e conseguimos conquistar uma grande quantidade de torcedores. Tivemos uma excelente média de público nos três campeonatos disputados. Foram fundadas torcidas (Kuatiloco e Kuatiguaça), inclusive algumas muito especiais, como as de instituições como APAE e AADV, o que dá muito orgulho a todos da diretoria. Algumas pessoas até tatuaram o escudo do Vulcão no corpo. Graças ao trabalho de marketing desenvolvido, conseguimos ainda, em apenas dois anos, um feito muito importante: vender mais de 10 mil camisetas oficiais e de torcida na nossa Loja (Sport Bar), o que nos rendeu o apoio da UMBRO na última competição. Isso mostra que muitas pessoas acreditam no time, o que aumenta nossa responsabilidade e nos motiva a continuar o trabalho”.
Com relação ao futebol profissional, o objetivo do Vulcão é ser um grande time do futebol brasileiro, porém o processo é gradativo. “Primeiramente, gostaria de pedir desculpas ao nosso torcedor pela campanha deste ano no Módulo II. A comemoração dos dois anos seria perfeita com o acesso, mas infelizmente não foi possível. Não tivéssemos o desempenho esperado, por problemas de cartões, contusões e o baixo rendimento de alguns atletas, mas, este objetivo foi apenas adiado. Tenho certeza que vamos aprender com alguns erros e vamos dar a volta por cima no ano que vem e conseguir uma vaga na elite do mineiro. Depois continuaremos a sequência do nosso planejamento. Estamos fazendo contato com grandes clubes do futebol brasileiro e nos estruturando a cada dia, pois queremos nos fortalecer para sermos reconhecidos em Minas Gerais e no Brasil”, finaliza o presidente do Vulcão.

1 comentários:

Fernando 25 de junho de 2009 15:10  

Parabéns Vulcão!!!!!

Postar um comentário

Seguidores

  ©Template by Dicas Blogger.